Como comprar de forma consciente - blushes e batons




No post de hoje darei algumas dicas para auxiliar vocês a fazer compras certeiras de blushes e de batons. Esses produtos fazem toda a diferença na maquiagem, pois adicionam cor e frescor ao rosto. Saber escolher as tonalidades certas é de grande importância.

Para que a compra seja um sucesso, aconselho, mais uma vez, que você se conheça, se observe e se compare com outras pessoas. Tudo isso com a finalidade de descobrir quais tonalidades combinam mais com você e quais  derrubam o visual.

Profissionais estudam teoria das cores, cromologia, o círculo cromático, harmonia das cores, visagismo entre outras teorias e práticas que os auxiliam a compreender com rapidez o que é adequado ao cliente. Um leigo, sem conhecimentos específicos de cores, deve sempre usar o bom senso e a auto-observação para descobrir que caminho seguir.

Alguns elementos devem ser levados em consideração na hora de escolher as cores dos batons e dos blushes, como o tom e o subtom da pele, a cor dos cabelos, além do seu gosto, do seu estilo pessoal e da moda.

1 - Escolhendo seus batons



Começo pelo tom e pelo subtom da pele. 

De um modo bem geral, peles claras recebem bem batons de tonalidades claras e médias, que podem ser neutras e naturais ou puras, ou seja, cores intensas, vibrantes, bem definidas e sem muitas misturas. O batons mais escuros podem pesar na aparência das mulheres de pele muito clara.

Nas peles morenas, a lógica é bem parecida com a das peles claras, com a única diferença que deve-se evitar batons muito claros e esbranquiçados (empalidecem) e que pode-se usar tonalidades um pouco mais escuras, mas não tão escuras quanto as da pele negra.

Nas peles negras, os tons médios e neutros, mais amarronzados, funcionam como opções de batom "nude". Tons mais escuros e secos de rosa podem funcionar. Os escuros caem muito bem como opções elegantes para a noite. Batons vibrantes em peles negras ficam fantásticos nas mais ousadas, expressando muita personalidade no contraste com a pele. 

Negras de pele marrom avermelhada ou amarelada recebem melhor tonalidades quentes de batom e as negras frias, geralmente bem escuras, ficam ótimas com batons de cores frias.

Pele negra quente (esquerda) e fria.

Normalmente, os batons ideais, tendo em vista a regra da escolha segura, seguem a coloração natural da pele. Quanto mais escura a pele, mais escuro o batom deve ser. Isso não quer dizer que temos aqui uma regra absoluta, pois enquanto muitas mulheres se sentirão melhor e mais seguras com tonalidades que acompanham naturalmente o tom da pele, outras se sentirão bem e afinadas com a própria personalidade com cores fortes e intensas, em alto contraste dos lábios com a pele.

Embora a M.A.C classifique as peles amareladas como frias e as rosadas como quentes, amarelo é uma cor quente e rosa é uma cor mais fria em geral.

Peles amareladas se harmonizam bem com cores mais quentes como vermelhos abertos, laranjas, corais, salmão e pêssego (para as mais claras), marrons, vermelhos queimados, dourados e acobreados, beges, além de vinho mais queimado (para as mais escuras). 

Pele frias, sejam brancas leitosas, rosadinhas, azuladas ou negras bem escuras, assim como muitas orientais (oliva), se harmonizam muito bem com tons frios como os rosas de base azulada, roxos, lilases, vermelhos azulados, vinhos rosados, cerejas e beges rosados.

Mais uma vez, estamos falando de uma regra que, embora funcione muito bem e proporcione resultados seguros, pode ser transgredida em nome da satisfação e do estilo próprio. Por exemplo, se você é negra de pele mais quente e quer usar um batom pink azulado, bem "cheguei", por que não usar? 

Não é a cor mais indicada para sua pele, mas se você curte a cor, se sente bem com ela e consegue harmonizar com o restante da maquiagem e do vestuário, vá em frente! Mantenha a pele bem corrigida para evitar que a cor fria do batom em contraste com a cor quente da pele deixe-a com aparência acinzentada, pálida ou esverdeada e invista em uma roupa e em acessórios que valorizem seu tom de pele. E vá ser feliz!

Criar uma harmonia com a cor de cabelo é interessante se o cabelo estiver harmonizado com a cor da pele. Do contrário, harmonize o batom com a pele, que predomina em extensão e em impacto visual. 

Esse era meu caso antes de mudar a cor do cabelo. Tenho a pele fria e usava um tom quente (vermelho) de cabelo. Sempre usava batons de tonalidades frias porque percebia que eles complementavam muito bem a minha pele, embora ficassem em conflito com meu cabelo. Quando tentava harmonizar o batom com o cabelo e escolhia tons como laranjas ou corais, sempre me achava estranha, sem graça, pálida.   

Depois que fazer o curso de Consultoria de Imagem e descobrir minha paleta sazonal (as cores que me favorecem conforme meu tom e subtom de pele, a cor dos meus olhos e cabelo natural), descobri que sou uma mulher de pele fria e que minha harmonia ideal é sempre fria. Daí mudei radicalmente para o cabelo preto azulado, bem frio, que orna com minha pele, com a cor dos meus olhos e casa perfeitamente com os tons de maquiagem que eu já usava. 

Frequentemente, somos mais atraídos pelas cores que nos favorecem, mesmo que não façamos a menor ideia disso. Claro que fatores culturais influenciam no nosso gosto, mas uma boa parte das pessoas tem uma percepção, mesmo que não totalmente consciente, das cores que complementam sua coloração pessoal, achando-as naturalmente mais bonitas. Para essas pessoas, mesmo sem nenhum preparo formal para entender as harmonias de cores, a atração por certas tonalidades pode ser uma boa dica sobre os tons de maquiagem certos.

O ideal é fazer uma análise de coloração pessoal e alinhar os tons do cabelo e da maquiagem com o da pele.

Há que se considerar também seu gosto e seu estilo pessoal na escolha dos batons, de toda a maquiagem. Muitas vezes, o gosto destoa do estilo de vida e da profissão e isso acaba sendo fonte de péssimas escolhas de maquiagem e, principalmente, de vestuário (quem assiste Esquadrão da Moda sabe do que estou falando).

Uma pessoa que trabalha numa profissão formal e adora ser sexy encontra muitas críticas e obstáculos para seu crescimento profissional se não se adequar, ao menos no ambiente de trabalho, a um dress code mais formal. Na maquiagem, também é importante observar esse aspecto.

Se você passa a maior parte da sua semana nesse emprego, precisa se vestir e se maquiar de acordo com isso, precisa adequar seu estilo pessoal à sua atividade, retirando a codificação de sensualidade do vestuário e da maquiagem. Deixe para ser você mesma nos seus momentos de folga e de lazer. Sensualidade em ambientes austeros e formais não ajuda em nada seu desenvolvimento profissional.

A maquiagem deve acompanhar a imagem pessoal. A imagem pessoal deve acompanhar o estilo de vida e a profissão, sem deixar de lado o gosto, quando ele estiver adequado à situação.

Ambientes formais pedem maquiagens mais neutras, conservadoras e não combinam com ousadia. Atividades mais criativas pedem personalidades mais criativas e um estilo mais livre, colorido, impactante.

Quando o gosto e o estilo pessoal estão alinhados à profissão e ao estilo de vida, fica tudo mais fácil. Tudo combina e a imagem pessoal convence. Por isso, caso seu gosto e seu trabalho não combinem, tenha no seu kit produtos para serem usados nessas diferentes situações. 

O kit de maquiagem para trabalho (profissões formais) deverá conter produtos básicos e de cores neutras e com pequenos toques de sua personalidade, como uma sombra de colorido discreto ou um batom vermelho clássico, para serem usados às vezes, em ocasiões em que precise se destacar (sem sensualizar). O kit para os demais momentos deve conter tudo o que você mais gosta e que expressa como você é.  

Por fim, a moda é um fator que deve ser levado em conta, mas com muito cuidado. Ninguém quer parecer antiquado, datado, cafona, mas não há nada mais cafona que ser vítima da moda, que usar tudo o que a moda pede e acompanhar todas as suas mudanças sem considerar que muitas das tendências podem não cair bem em você, seja pelas proporções e desproporções do seu corpo, pela sua coloração pessoal ou pelo seu estilo.

A moda muda sempre, é um conceito coletivo. O estilo permanece, é individual e deve expressar o que você é em adequação ao que se requer de você nos diversos ambientes sociais.  Nunca use os produtos da moda só porque estão na moda, isso pode sinalizar imaturidade e insegurança para os demais.

Sendo assim, esteja antenada com as tendências, mas aproveite apenas aquelas que servem para você, nas roupas, nos acessórios e, claro, na maquiagem. Nada de comprar um batom numa cor que você odeia e que não favorece em nada sua aparência só porque é o último grito da moda! Com certeza, esse batom vai ficar encostado assim que a moda passar e, enquanto ela vigorar, você terá uma vaga impressão de que está estranha e feia quando usá-lo. Feia, mas na moda? Não vale!

2 - Escolhendo o blush



Para acertar no tom do blush, siga as mesmas dicas do batom e mais essas dicas adicionais:

Se você é uma pessoa mais tradicional, ou trabalha num ambiente formal, opte pelos blushes opacos. Em outras ocasiões, mesmo durante o dia, o blush pode ser opaco ou cintilante.

Em toda e qualquer circunstância, independente da forma de aplicação do blush, nunca aplique em excesso. Blush é para corar suavemente, não pode ter linhas, tem que ser muito esfumado e nunca deve fazer a mulher parecer uma boneca, Isadora Ribeiro na célebre abertura do Fantástico ou que levou uma chinelada na cara. 

No mais, sigam as dicas de cor abaixo:

pele clara: blush pêssego e coral para peles amareladas e rosa em tons frios e lilases rosados para peles rosadas, além de beges rosados.

pele morena: blush coral, laranja e tons terrosos para as amareladas/acobreadas e rosas médios e avermelhados para as pardas mais rosadas.

pele negra: blush terra, vermelho e laranja para as amarronzadas e tons de vermelho, vinho e framboesa para as de pele bem escura, fria.

Assim, o blush acompanha o tom de pele e dá um aspecto de corado natural, que é sua finalidade. Artificialidade não é o efeito mais desejável para o blush.

Espero que vocês tenham curtido e que façam compras mais certeiras usando essas dicas! bj   

Fotos: reprodução.

28 comentários:

Beatriz Dias

Primeira vez no blog e adorei as dicas.
Acredito que até o momento esteja fazendo certo, talvez um pouco de mais no blush, porém nada de muito exagerado. Recentemente, adquiri um batom vermelho, adorei o resultado. Nunca havia usado nada lábios, a não ser um gloss. Sou morena e acho que combinou comigo.
Obrigada pelas dicas.
Bia =)

Jaddy Rodrigues

Adorei o post... tem ótimas dicas, especialmente para esses tempos de consumo exagerado.

Beijos!

Ane

posto ótimo pra favoritar!;]

Karoll Chagas

Adorei a dica...

Ellen Miguel

Fantástico esse post Karen. Muito esclarecedor!
bjs

Betty Gaeta

Oi karen,
Adorei as dicas. Vou separar este post para os links legais do sábado.
Tenha uma ótima semana!
Bjs

GOSTO DISTO!

monica silva silva

óla minha linda amei o blog quero de coração te desejar todo sucesso do mundo pra sua vida e seu blog ja estou te seguindo que deus possa te abençoar grandemente em seus sonhos que se realizem um por um ah eu quero te convidar a conhecer meu blog tambem e me ajudar seguindo irei ficar muito feliz com sua atitude um grande bju minha linda

http://ilovefbeauty.blogspot.com.br/

Castielzinha

"Embora a M.A.C classifique as peles amareladas como frias e as rosadas como quentes, amarelo é uma cor quente e rosa é uma cor mais fria em geral."

SEMPRE eu estranhei essa definição. Na internet tem quem conceitue de uma maneira, outros de outra, e eu na confusão. Obrigada por ter percebido essa estranheza e explicado! Post muito bom, vindo de uma grande profissional!

Beijos

Pri S.

Adorando essa "série"! :-)

L. G. Alves

A minha pele é morena clara e meus cabelos são da cor castanha. Sempre fico na dúvida, mas acabo comprando tons que me deixem com aspecto de saúde, um cor de boca mais puxado pro rosa, por exemplo. Quando uso vermelho fico meio sem jeito porque chama a atenção logo pra boca. E para o blush eu sempre escolho a cor pêssego e coral, rs bjos

L. G. Alves

Ah, para pele madura o blush deve ser em pó ou em creme? Ouvi falar que os produtos em creme são melhores para quem passou dos 30...:/

Deise

Gostei muito do post porque as cores da make sempre me dão insegurança, quando tento sair da sombra marrom e do batom avermelhado. Sou branquinha, com cabelos e olhos castanhos, e gostaria de mudar a cor dos cabelos para vermelho borgonha. O problema é que gosto muito de vestir e usar batons vermelhos, e acho que teria que mudar meu estilo. Faz alguns anos que tenho este dilema e vou acabar desistindo porque vou ficar muito "titia" para este visual!
Tu ficou muito bonita com o cabelo assim!
Beijos

sandra mara rocha queiroz mengozzi

Adorei o post, muito bem escrito. Parabéns!

Denise

Nossa, Karen, você está de parabéns! Estou impressionada com a qualidade dos últimos posts, viu?
Incrível!
bjos

maggie

Ahh Karen, é o post que eu queria na minha vida, poderias desenvolvê-lo e/ou expandi-lo com mais fotos e exemplos de produtos nacionais ou da mac mesmo que são mais fáceis de comprar?
Muito, muito obrigada mesmo.

maggie

@maggie
A idéia é de comparar uma foto com outra, demonstrando a cor de cada pele uma ao lado da outra.

Solange Soares

Adorei o post. Muitíssimo útil!**

Anônimo

Eu sou branca rosada e mesmo amando os blush rosados, eles ressaltam as melasmas q tenho na bochecha.
Nao sei o motivo para q isso aconteca mas agora so uso os tons terrosos e corais.
Renata

Esther

Ótimo post Karen, muito esclarecedor. Bem que eu sempre desconfiei quando alguns blogs de maquiagem ficavam repetindo a estória de que pele amarelada era fria e pele rosada/avermelhada era quente quando pra mim era o contrário, pois me lembro que desde a infância sempre fui apaixonada pelos meus lápis de cor e como adorava fazer gradação de cores com eles achava que rosa era uma cor "irmã" do azul e que ele era frio.

Gaby Almeida

Muito boa essa tua série de compra consciente, dicas ótimas, para quem não sabe de nada e pra que quem como eu acabou de entrar no mercado de maquiagem e não tem tanta experiencia com todos os tipos de pele. Sempre indico teus posts no meu blog.

Parabens...

Eliana

Mais um post muito bom e esclarecedor - principalmente na associação da cor do cabelo e do make.Tive cabelo preto retinto natural que "atrapalhava" um pouco e,com o tempo(e as tintas),a coisa ficou mais suave e facilitou bastante para incrementar olhos e boca sem ficar over.

valkika

bom dia!
Estou gostando muito desses posts, sou negra, minha pele é quente pelo visto, mas acho que fico bem com tons mais frios... vai entender...
adoro ler seu blog.

Gi

Post simplesmente sensacional!! Apta para dar curso!!!! Amei!!!
Primeiro, que lindo o blush da primeira foto... um atentado, da dó de usar!!
Segundo... nos batons, como vc disse, acho q acerto sem perceber...rs.. e nos blushs, testei e testei e o que fica legal em mim msm são os pessegos.. nem dos rosas gosto muito...
Arrasou no post Karen!!

Bjukas!!

www.unhasetudo.blogspot.com

Lulu

Amei suas dicas. Costumo usar batom escuro e fico de olho também com a roupa que estou usando. Na dúvida aposto em tom discreto para sombras marrons e blushes também.
Big Beijos

Camila

Ótimo post! Até hoje eu não sei se minha pele é fria ou quente (apesar de ser amarelada, combino com alguns tons que tipicamente ficam bem em pessoas de pele branca rosada/azulada). Minha pele é bem clarinha mas fico ótima com blush pêssego, marrom claro (cor de cappuccino) batom vermelho-rosado, cereja, marrom, roxo, magenta. E fico péssima de batom claro, lilás, azulado, muito aberto ou alaranjado, puxado pro coral. Confuso, né?
Beijos.

Debora Carvalho

Amei! Sinceramente, agora prestarei mais atenção ao comprar maquiagem, principalmente ao comprar pela Internet, dá pra errar menos com essas dicas! Bjao

Anônimo

Entao pele branca amarelada combina com cabelo loiro?

Anônimo

Se precisar de ajuda na compra de MAC estou a disposicao, tenho otimos precos

Postar um comentário

Quem quiser fazer uma pergunta reservada, favor entrar na página CONTATO

------------> ATENÇÃO: Se você deseja apenas deixar link para fazer propaganda do seu BLOG ou propagandas de PRODUTOS (SPAM) sem qualquer comentário relevante ao tema tratado em determinado post, saiba que seu comentário não será aprovado.